O primeiro ano

“Só mesmo um louco para ter um filho.

Ela vai perder a forma.

Você vai gastar uma fortuna em fraldas.

E sem qualquer cerimônia esse sujeito vai roubar sua esposa e suas noites de sono.

E ainda assim você vai ser completamente louco por ele.”

Father and child silhouette in white

Há um ano eu acordava cedo, o sol ainda não tinha raiado, era um sábado e eu pretendia sair para pedalar. Nesta época, pelo menos três vezes por semana, madrugava e saía estrada a fora com meu grupo de ciclismo. Mas neste dia não fui pedalar.

Encontrei minha esposa sentada no sofá. Ainda não sabíamos, mas nosso filho já estava se preparando para nascer. Ela havia passado a noite toda com dores. Resolvemos ir ao hospital para ver se estava tudo bem. O médico falou que o parto já estava acontecendo.

Algumas horas depois o Fabrício já estava conosco. E a partir daí tudo mudou. Nossas rotinas, programas com amigos, tudo teve que ser adaptado.

E a cada dia, noto algo diferente. Parece que todo dia ele aprende alguma coisa nova. Uma brincadeira, um novo jeito de se levantar. E junto com ele, eu aprendo também. A ser um pai melhor e uma pessoa melhor.

Feliz aniversário, meu filho. Parabéns pelo primeiro dia do seu nome. Vida longa e próspera. E que a força esteja com você. E ela há de estar.

pai-e-filho2

“Você será diferente.

Às vezes, você se sentira rejeitado.

Mas nunca estará só.

Você fará da minha força a sua.

Você vera minha vida através dos seus olhos.

Assim como a sua será vista através dos meus.

O filho transforma-se no pai… e o pai se transforma no filho.”

Por Fábio Moreira: Que espera um dia também ser avô.