SNN #030 – Conan, O Bárbaro

Guerreiros, em guarda!

Neste início de ano, Marcos Moreira (@marvincosmo) Ivanildo Campos (@ianildo1), Rafael Motta (@RalfMotta) e Fábio Moreira (@facosmo) vão começar o ano cheio de músculos, sexo, magia e vingança! POR CROM!

Para fazer o download da nossa missão ou ouvi-la em outra aba do seu navegador, basta clicar no link abaixo:

SNN #030 – Conan, O Bárbaro

Se quiser ter o nosso podcast no seu app de podcasts ou agregador favorito, assine o nosso feed!

Você também pode assinar nosso podcast na iTunes Store!

Conte para nós se você já viu este filme, quais são as suas opiniões sobre ele, ou, se não viu, se pretende vê-lo, deixando seu comentário aqui no post, ou mandando o seu e-mail para sabrenanoz@gmail.com.

O Sabre na Noz também pode ser encontrado no Facebook, Twitter, Instagram, Skoob ou no Filmow!

Agradecimentos especiais ao Rafael Motta pela vitrine!

Links mencionados neste podcast (confere lá!):

Sabre na Noz Podcast #014 Noz Vimos: Tim Maia

Sabre na Noz Podcast #018 Noz Revimos: Superman (1978)

Sabre na Noz Podcast #024 Noz Revimos: O Fantasma

Continuem a postos para mais missões!

  • Ouvi e gostei! A edição tá legal, a qualidade dos microfones está muito boa (acho que devem usar o LX-3000), enfim… Engraçados, com bons efeitos, vírgulas… Tá aí, curti mesmo! Souberam trabalhar com os efeitos muito bem.
    Lembrou um pouco o Jurassicast + Nerdcast, mas acho que – hoje em dia – é extremamente difícil de não ser semelhante. Sei bem disto, o nosso podcast é extremamente semelhante com as pautas. Mas o que faz brilhar mesmo são os participantes, com tiradas criativas e comentários construtivos.
    Definitivamente tem filmes que as vezes a gente tem até medo de rever, para não perder a “magia” da época (rsrs).

    Enfim… Vamos nessa! Gostei, principalmente, pois me deram mais entusiasmo para editar… Desde AGOSTO e já tem 32 episódios? Nossa! rsrs É impressionante, pois o meu vem desde outubro e só tem 3 editados e um 4o em edição. Foi importante para mim ver isto! (Tudo bem que o de vcs tem uns episódios de 10 minutos, 8min… Enfim… Não importa, o importante é FAZER!)

    Vou assinar o Feed no WeCast e aguardar próximos episódios.
    Abs

    • Marcos Moreira

      Que bom que você gostou, a gente se dedica bastante para chegar a esta qualidade! E você adivinhou, usamos os LX-3000 tão falados! As comparações são inevitáveis, e não são negativas, até porque, ser comparado com monstros como o Nerdcast e o Jurassicast é uma honra!
      Sempre em guarda, e aguarde pelos próximos episódios! 2015 está só começando!
      Abraço.

  • Pingback: Sabre Na Noz Podcast #044 Gotham – S01E15 | Sabre na Noz()

  • Augusto Cezar Lima Queiroz

    Comecei a ouvir esse “cast” e não resisti em esperar o final. Vou já fazer algumas considerações:

    1) A imagem na “capa” do “podcast” é do filme “Guerreiros de Fogo” e não de “Conan, o Bárbaro”;

    2) Não tinha prestado atenção às peles usadas por Conan depois da cena de perseguição pelos cães. Só agora pude perceber esse detalhe importante, que coisa!…

    3) Os efeitos sonoros durante o “cast” são impagáveis! Ficam muito bons na edição e contribuem para o humor do programa.

    Por enquanto é só. Vou retomar a audição do “cast” e, como diz o Jô Soares: “Daqui a pouco a gente volta!”.

    Abraços.

    • Marcos Moreira

      Muito obrigado pela atenção e as críticas. Servimos bem, para servir sempre! Estamos em guarda!

  • Augusto Cezar Lima Queiroz

    Vou continuar meus comentários:

    1) As menções religiosas no filme são plenamente justificáveis, afinal, nos enredos das histórias em quadrinhos, o personagem Conan menciona, incessantemente, a divindade “Crom”, o deus que é adorado por ele;

    2) Esse “Subotai” (“ladrão e arqueiro”) parece muito bem de saúde pra quem está dias sem comer. Primeiro, está com a pele ótima; segundo, dá um salto e se põe em pé como um raio quando Conan pergunta quem ele é.

    Valeu.
    Vou voltar ao “cast”, guerreiros…

    • Esse filme é um clássico indestrutivel, muito superior em qualidade técnica, cinematográfica e até, dramática. Não gosto quando a garotada nivela os filmes apenas pelos efeitos visuais. Filmes revolucionários como “The Matrix” já é datado.

      Vocês acertaram em parte com relação à espada encontrada por Conan.

      A espada em questão é chamade “Espada Atlante” na trilha do filme, o que remete à genealogia do povo cimério e do herói. O Rei Kull (outra criação de Robert E. Howard) é descendente direto do povo Atlante e ancestral de Conan, portanto aquela espada é um legado de seus ancestrais.

      Há muita referência à literatura de Howard e da mitologia da Era Hiboriana naquela produção mas infelizmente, o filme não aprofunda mais nas produções que se seguiram.

      • Marcos Moreira

        É, Hollywood transformou a saga que seria clássica, num caça-níqueis. Mas vale pela atuação “impecável” do nosso admirável Arnold (não vou escrever o sobrenome dele aqui pra não fazer vergonha…), e pela homenagem que o filme presta a Robert E. Howard.
        Muito obrigado pelo comentário, guerreiro, e continue com a gente. Sempre em guarda!

      • Augusto Cezar Lima Queiroz

        Interessante você, vampiro da noite kryptoniano (Nosferatu + General Zod), mencionar o bárbaro Kull neste “post”. Lembrei de um filme que foi lançado em 1997, “Kull, O Conquistador” (“Kull, the Conqueror”) com Kevin Sorbo (que interpretava “Hércules” na TV) e que foi um fracasso de bilheteria.

    • Marcos Moreira

      É, mas é sempre legal ver que o filme é uma forma de manifestação política e religiosa, também. Entretenimento com conteúdo. E o parceiro de aventura Subotai realmente é impagável, até porque, eles estão numa terra cruel, portanto, ser forte é sobreviver!
      Muito obrigado pelo comentário, e continue com a gente. Sempre em guarda!

  • Pingback: SNN #130 – Star Wars – Episódio IV: Uma Nova Esperança | Sabre Na Noz()