SNN #145 – É Ruim, Mas é Bom

Guerreiros, em guarda!

Nesta missão, Fábio Moreira (@facosmo), Marcos Moreira (@marvincosmo), Rafael Motta (@RalfMotta) e Thais Freitas (@ThaisdF17) vão mostrar a outra face, e tirar de dentro de suas mentes bizarras aqueles filmes que ficam guardados com carinho, mesmo sabendo que o filme é uma m…! Naves espaciais de videogame, adolescentes com hormônios à flor da pele, insetos, insetos, insetos, e o tijolo que não revida!

Para fazer o download da nossa missão ou ouvi-la em outra aba do seu navegador, basta clicar no link abaixo:

SNN #145 – É Ruim, Mas é Bom

Se quiser ter o nosso podcast no seu app de podcasts ou agregador favorito, você pode assinar o nosso Feed, ou então, encontrar o Sabre Na Noz na iTunes Store!

Você também pode mandar a sua mensagem, de texto ou voz, para o nosso Whatsapp! O número é: (21) 99569-0065

Conte para nós se você já assistiu estes filmes, quais são as suas opiniões sobre eles, ou, se não viu, se pretende vê-los, deixando seu comentário aqui no post, ou mandando o seu e-mail para sabrenanoz@sabrenanoz.com.br.

O Sabre Na Noz também pode ser encontrado no Facebook, Twitter, Instagram, Skoob, Filmow, Tumblr ou no Google Plus!

Agradecimentos especiais ao Rafael Motta pela vitrine!

Continuem a postos para mais missões!

  • FernandoGoias81 .

    Comentando atrasado, mas enfim…

    O Grande Dragão Branco é mais indicado para aqueles que o viram na infância ou começo da adolescência. Eu o classifico como um filme legal! E não tenho vergonha de dizer que ainda estouro umas pipocas para revê-lo 🙂
    Agora, quanto ao Guerreiro das Estrelas, esse é pura nostalgia. Marcou minha infância! Ser recrutado para piloto de nave estelar e ir embora desse planeta maluco levando a mulher da sua vida, pra mim “não tem preço!”. Mas que eu me lembre, o assisti na Sessão da Tarde e não no SBT…

    • Caramba, acho que estou ficando velho mesmo. Pelo que me lembrava, O Último Guerreiro das Estrelas passava na Globo. Devo ter embolado as idéias mesmo. E sim, é só pela nostalgia… Obrigado pelo comentário, Fernando! Continue acompanhando as nossas missões!