Viagem ao mundo de Noz

Viagem ao Mundo dos Sonhos (Explorers – 1985)

Havia um tempo em que eu morava em uma casa – foi há muito tempo atrás, quando ainda era possível morar em casa de rua, na cidade do Rio de Janeiro. Eu passava às tardes brincando no terraço.

Certa vez, consegui uma caixa de papelão grande. Devia ser de fogão ou máquina de lavar. Levei-a lá pra cima e comecei a construir minha nave espacial. Alguns recortes e algum penduricalho colado e estava pronta.

Minha nave me levaria para qualquer lugar que desejasse. E lá fui eu, viajar para o mundo dos sonhos…

Via ao Mun dos Son

Um trio de garotos recebe, através de sonhos, informações para a construção de uma espaçonave. Reformam um carrinho de brinquedo de parque de diversões e usam um computador portátil (em 1985 já existia isso?) para a navegação.

Este é o filme de estreia de Ethan Hawke, que fez “Sociedade dos Poetas Mortos” e a trilogia Antes do Amanhecer/Antes do Pôr-do-Sol/Antes da Meia-noite. Ele está muito bem como o corajoso da turma. River Phoenix, que viveu o jovem Indiana Jones em “A última Cruzada” e faleceu precocemente aos 23 anos de idade, é o nerd do computador. Completando o grupo está o desconhecido Bobby Fite, que fica achando inicialmente que tudo é apenas uma grande brincadeira.

É interessante notar que fiquei na dúvida se a viagem é real ou se é apenas um sonho como o título sugere. Reparem que no voo teste os três garotos estão usando máscaras de oxigênio para respirar e na viagem principal eles não estão mais com elas.

O final é meio decepcionante. Como a própria capa do filme mostra, o trio encontra E.T.s que mais parecem personagens de um filme dos Trapalhões. Destoa da seriedade que toda a parte inicial passa.

Retornei uma vez, depois de velho, à minha antiga casa. Fiquei impressionado! Como o terraço era pequeno. Na minha memória era muito maior. Tem certas coisas que não devemos revisitar, temos que deixar como estão.

60-nozes

6 nozes

Por Fábio Moreira: Que aprendeu a pedalar sem rodinhas em um cubículo.